NotíciasVoltar

Vereadores da Grande Vitória debatem os problemas da regiãoQuinta-feira, 01 de Setembro de 2011

Encontro promovido pela Averem serviu também para os vereadores manifestarem o interesse em participar do Comdevit

Para discutir e encontrar soluções para os problemas em comum aos sete municípios da Grande Vitória, além de conhecer melhor o funcionamento do Conselho Metropolitano de Desenvolvimento da Região Metropolitana (Comdevit), vereadores de Cariacica, Fundão, Viana, Vila Velha e Vitória se reuniram no Plenário da Câmara Municipal da capital no último dia 31.

O encontro contou também com a presença do Secretário Extraordinário de Projetos Especiais e Articulação Metropolitana, José Eduardo Faria de Azevedo, que trouxe informações do governo estadual sobre as ações a serem implantadas nos próximos anos na região.

A reunião foi promovida pela Associação de Vereadores da Região Metropolitana (Averem), presidida pelo vereador Serjão, para que o Governo “possa dar oportunidade aos vereadores, que estão na ponta, trabalhando diretamente com o eleitor, de conhecer os projetos para a região.”

Todos os vereadores puderam se manifestar e apontaram as áreas onde o Estado pode atuar com mais ênfase. Alguns pontos se repetiram e mostraram que é necessário agir de forma integrada. Foram lembrados problemas como violência, mobilidade urbana, saneamento básico e saúde.

 

Região Metropolitana de Vitória

A Região Metropolitana da Grande Vitória é composta pelos municípios de Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória. Somado o número de moradores destas cidades, chega-se a 48% dos mais de três milhões de habitantes do Espírito Santo, concentrados numa área que representa apenas 5% do território capixaba. Estes sete municípios produzem quase 60% da riqueza do estado.

De acordo com o secretário José Eduardo Faria de Azevedo, esta concentração populacional e de recursos acaba criando também os bolsões de miséria. E isto ocorre em todo o país. “Os maiores níveis de desigualdade do Brasil estão nas regiões metropolitanas”, aponta Azevedo.

Por estes fatores o Estado planeja ações contundentes em áreas consideradas as mais desafiadoras, como educação, distribuição de renda e saúde. E é a partir de políticas que favoreçam o desenvolvimento econômico no interior do Estado que, na visão de Azevedo, “o Espírito Santo terá uma distribuição populacional mais harmônica”.

 

Comdevit

O Conselho Metropolitano de Desenvolvimento da Grande Vitória (Comdevit), juntamente com o Fundo Metropolitano de Desenvolvimento da Grande Vitória (Fumdevit), foi regulamentado pelo governador Paulo Hartung, tendo como finalidade apoiar o desenvolvimento, a integração e a compatibilização das ações, estudos e projetos de interesse comum da Região Metropolitana.

O Comdevit é composto por 17 conselheiros assim distribuídos: sete representantes do Governo do Estado, um representante de cada um dos sete municípios da Região Metropolitana, preferencialmente o prefeito, e três representantes da sociedade civil, indicados pela Federação das Associações de Moradores e dos Movimentos Populares do Estado do Espírito Santo (Famopes). O presidente do Conselho é o secretário do Governo.

O Conselho não prevê a participação dos vereadores em suas tomadas de decisões. Para Serjão, presidente da Averem, “é necessária a presença de vereadores da Grande Vitória no Comdevit, porque são eles que estão mais próximos das comunidades e lidam diretamente com a população, ouvindo suas queixas e sugestões”, ressalta Serjão.

 

Frentes de trabalho do Comdevit

Segundo o secretário José Eduardo Faria de Azevedo, o Comdevit possui três grandes projetos  em fase de implantação:

1-      Projeto Metro-GVIX: rede básica de fibra ótica para os municípios da Grande Vitória. Já implantado na capital e em dois anos estará em funcionamento em toda a região.

2-      Plano Diretor Metropolitano de Drenagem

3-      Desassoreamento dos Rios Formate e Marinho

 

Vereadores estiveram atentos à apresentação do secretário José Eduardo Faria de Azevedo

 

Assim como o vereador Gilson Daniel, de Viana,  todos os presentes puderam se manifestar sobre os problemas de suas respectivas regiões